Sistema Positivo de Ensino

Tecnologia na educação: Como usar da melhor forma?

tecnologia na educação

tecnologia na educação

Usar a tecnologia na educação não é mais uma tendência, é uma realidade. Há tempos, professores e gestores são desafiados a pensar novas formas para aproveitar os recursos tecnológicos disponíveis e potencializar as possibilidades de ensino e aprendizagem

A pandemia causada pelo novo coronavírus, que levou as escolas de todo país a suspender suas aulas presenciais, só evidenciou ainda mais a importância disso. 

Na busca por implementar a tecnologia na educação, no entanto, é preciso ter cuidado e considerar as características de cada ferramenta, a relação dos alunos com ela, quais são suas possibilidades, além de fornecer a capacitação para quem vai utilizá-las.

Abaixo, trouxemos algumas informações sobre alguns dos principais recursos tecnológicos que podem ser usados dentro e fora das salas de aula. Entenda como eles funcionam para poder aproveitar o melhor que têm a oferecer!

Aulas on-line

A aula on-line já é há muito tempo uma tecnologia utilizada no processo de aprendizagem, principalmente na modalidade de Educação a Distância (EAD), e, nesta quarentena, tornou-se o principal recurso da tecnologia das escolas para dar continuidade ao aprendizado de milhares de estudantes.

Nós, do Sistema Positivo de Ensino, inclusive, lançamos o projeto SPE Com Você no qual uma das ações é a disponibilização semanal de videoaulas. 

Para usar essa ferramenta da melhor maneira, é preciso, antes de tudo, conhecer a realidade de seus alunos e professores. Assim, será possível entender qual o formato e abordagem mais adequados. Basicamente, sua escola pode usar o recurso de duas formas. 

Como plataformas, educadores e estudantes podem usar o Google Sala de Aula, o Google Hangouts, o Zoom, o Whereby, o Teams e muitas outras tecnologias. Já trouxemos aqui no blog algumas dicas práticas para os professores sobre como fazer videoaulas. Não deixe de conferir. 

Mídias sociais 

Redes sociais fazem parte de nosso dia a dia, então por que não aproveitar a familiaridade que os alunos já têm para promover algo muito importante no ensino hoje? Estamos falando da educação midiática. A prática pedagógica propõe conteúdos e atividades relacionados à mídia, seja impressa, seja digital, para que os alunos entendam o papel dela − e deles mesmos em relação ao que consomem diariamente. 

O objetivo é oferecer instrumentos para que os estudantes se tornem consumidores e produtores de conteúdo mais responsáveis, por meio da leitura crítica de informações e da produção de conteúdo.

Com esse tipo de ação, eles desenvolvem autonomia e pensamento crítico e passam a entender, por exemplo, a diferença entre liberdade de expressão e discurso de ódio e a diferenciar notícias verdadeiras de fake news

É possível trabalhar a educação midiática com as redes sociais de diversas formas. Uma dica é criar uma página no Facebook ou Instagram para os projetos desenvolvidos pelos estudantes e deixá-los produzir conteúdos para alimentá-la.

Isso vai ajudá-los a entender como se dá o processo de construção de mensagens que estão acostumados a receber em suas redes. Só é preciso lembrar sempre de:

Tecnologia da Realidade Aumentada

Esse é um outro recurso que vem chamando a atenção no universo educacional há um tempo. A Realidade Aumentada, ou simplesmente RA, é uma tecnologia que permite mais imersão e interatividade no aprendizado.

Dá para viajar pelo sistema solar ou explorar um sítio arqueológico sem sair do lugar, por exemplo. Graças à tecnologia que permite a integração do mundo real com o mundo virtual, bastam alguns cliques no smartphone ou tablet para que os conteúdos dos livros ganhem vida fora do papel.

O SPE utiliza o recurso em seus materiais. Para experimentar, os alunos só precisam baixar o aplicativo Realidade Aumentada Positivo. Por meio dele, a câmera do dispositivo (celular ou tablet) capta a imagem e gera projeções gráficas digitais que explicam visualmente o tema estudado.

Essa interatividade causa imersão, deixando as aulas mais atrativas, e enriquece o processo de ensino e aprendizagem, já que é possível demonstrar conteúdos complexos de maneira mais clara.

Dados de exercícios ou avaliações on-line

Como a tecnologia já faz parte do cotidiano dos alunos, trazê-la para dentro da escola é essencial para pensar em formas de ensinar que se relacionem com a nova geração.

O Positivo On, ambiente virtual do Sistema Positivo de Ensino, apresenta um conjunto de tecnologias e recursos que potencializam o aprendizado e o engajamento dos estudantes, que podem aprender de acordo com o próprio ritmo. 

Gestores, professores e famílias também são beneficiados com ferramentas específicas e têm acesso a relatórios em tempo real com análises inteligentes sobre o desempenho do aluno ao longo de sua trajetória escolar.

Os professores podem criar trilhas de exercícios personalizados e avaliações on-line para os alunos, que podem realizar as tarefas em qualquer lugar por meio do aplicativo.

 

Sair da versão mobile