Sistema Positivo de Ensino

Planejamento escolar: o que você precisa saber sobre?

Planejamento escolar

Como o gestor pode se preparar para fazer um bom plano para a sua instituição de ensino

O planejamento escolar é uma ferramenta que garante a qualidade do ensino. Ele tem como objetivo planejar as ações da instituição, alinhando objetivos e forma de funcionamento. Além disso, ajuda a instituição a cumprir sua missão diante de demandas e obstáculos particulares.

Calendário escolar, projetos, programas pedagógicos e formação das turmas são algumas das informações inseridas dentro dele. Como tem muitos detalhes e etapas, vamos ajudar na construção desse documento.

 

O que é o planejamento escola?

O planejamento escolar é um plano desenvolvido periodicamente para definir atividades, metas e objetivos da instituição de ensino. Ele funciona como referência para guiar a escola e como histórico de erros e acertos da instituição ao longo dos anos.

 

Quando desenvolver?

É ideal que seja produzido antes do início do ano letivo. Assim, é possível fazer um bom planejamento para o ano que se inicia, com análises dos anos anteriores, estratégias de ação, melhorias e objetivos consolidados.

 

Por onde começar

Um esboço geral dos objetivos e expectativas para a escola ao longo do ano é um bom começo. De maneira ampla, responda a perguntas como “Quais são as metas? Os objetivos? As necessidades da instituição? Como vamos colocar isso em prática?”.

 

Escute os colaboradores

Uma instituição só tem uma gestão escolar saudável quando considera a voz de todos os participantes. Sendo assim, no momento de começar, é necessário sentar com a equipe pedagógica e outros colaboradores para dialogar sobre todos os pontos já levantados (no tópico anterior) e também sobre novas demandas que surgirão a partir dessa conversa.  Lembre-se de que os professores e funcionários estão mais próximos dos alunos e, por isso, têm uma visão privilegiada das suas necessidades e questões.

 

 Pontos essenciais ao documento:

Alguns documentos, se dentro do planejamento, ajudam a olhar tudo de maneira mais estratégica:

  • Projeto Político Pedagógico (PPP);
  • Calendário escolar;
  • Horários das aulas de cada professor;
  • Formação das turmas;
  • Organização dos conteúdos de cada matéria;
  • Conteúdos extras.

 

Pontos para se preocupar

  • realidade interna da instituição precisa de atenção especial antes de dar início a toda organização; assim, as condições da instituição, a infra-estrutura, o corpo docente, os resultados dos alunos nas últimas etapas, as dificuldades e os desafios da equipe pedagógica são pontos de análise bem importantes. O questionamento sobre esses pontos é que leva à evolução da instituição.
  • O relacionamento com pais e responsáveis, com a comunidade escolar, o seguimento da nova Base Nacional Comum Curricular e as regras impostas pela Federação fazem parte da realidade externa. Ela também tem peso na hora do planejamento. É necessário analisar tudo e compreender como funciona a relação social da instituição com a comunidade.

    Gostou do conteúdo? Ficou com alguma dúvida? Fale com o seu consultor pedagógico ou entre em contato por meio das nossas páginas no InstagramFacebook e no YouTube.

    Para saber mais sobre outros temas do universo educacional, continue acompanhando o Sistema Positivo de Ensino aqui no blog

Sair da versão mobile